Cotas e Perfis: desempenho janeiro 2015

COMUNICAÇÃO

voltar

11 de fevereiro de 2015

Já era de se esperar um começo de ano, no mínimo, difícil para a economia, em função dos ajustes que se faziam e ainda se fazem necessários. O mês de janeiro foi impactado por dois fatores importantes: as medidas de ajuste fiscal e a investigação na Petrobras. Se por um lado, as medidas de política fiscal, anunciadas pelo novo Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, trouxeram maior confiança para o alcance da meta de superávit fiscal, refletindo no fechamento das curvas de juros; por outro, as investigações acerca dos contratos da Petrobras com algumas empreiteiras contribuíram para aumentar a volatilidade no mercado de bolsa de valores,  pressionando para o seu fechamento negativo.

Confira aqui o desempenho das Cotas e Perfis.