Sistemas de Gestão e de Risco em foco

COMUNICAÇÃO

voltar

06 de fevereiro de 2014

O ano de 2014 será especial para a Faelba. A Entidade completa 40 anos de existência, consolidada no Sistema Fechado de Previdência Complementar como referência em vários processos, e se prepara a obter a recertificação de qualidade ISO 9001:2008, além de buscar a declaração de aderência à ISO 31000:2009, resultando no amadurecimento do sistema de gestão pautado nos requisitos de qualidade e de risco.

O Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da Faelba foi implantado em 1º/10/2011, compreendendo nove processos e 105 procedimentos descritos. Três anos após a certificação, a Entidade, que já foi submetida a cinco auditorias internas e três auditorias externas com um Organismo Certificador para garantir e assegurar os processos de gerenciamento da qualidade e manter em dia o selo ISO 9001:2008, enfrentará, este ano, a auditoria de recertificação com vistas a ratificar a conformidade do SGQ.

Para o Diretor Superintendente Augusto Reis, a manutenção da qualidade dos processos e procedimentos alcançada deve ser perseguida, buscando o aperfeiçoamento dos serviços prestados pela Faelba e a excelência da satisfação dos seus participantes e patrocinadores. “Esse é um trabalho que está apenas sendo iniciado”, reconhece Augusto Reis, acrescentando que “a sua perenização é a certeza de que a Faelba estará em sintonia com as exigências corporativas futuras que o segmento de previdência complementar demandará das entidades”.

Gestão de Riscos

Em 15/07/2013 o Sistema de Gestão de Risco (SGR) da Faelba, com base na ISO 31000:2009, foi implantado. Após seis meses de atividades, com a realização de treinamentos e de workshops envolvendo os colaboradores e a Diretoria, e também da adequação da documentação para o processo de Gestão de Riscos, o SGR está inserido às rotinas da Entidade. As funcionalidades do SGR estão sendo integradas, paulatinamente, à aplicabilidade do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), implantado na Fundação desde 2011.

Em agosto do ano passado foi realizada a primeira auditoria em cumprimento às fases do programa de treinamentos para implantação do Sistema de Gestão de Riscos, baseado na Norma ISO 31000:2009. Esta etapa consistiu numa atividade preparatória com o objetivo de transmitir, aos gestores e colaboradores da Fundação, conhecimentos atualizados sobre Gestão de Riscos, tendo como referência os documentos internacionais que abordam os temas: ISO Guia 73 e as normas ISO 31000:2009 e ISO/IEC 31010:2009 (Técnicas de Avaliação de Riscos).

Os públicos da Faelba (steakholders) participaram efetivamente do processo, através de consulta, com o objetivo de colher a percepção desses atores sobre o conhecimento dos riscos e o impacto destes nos processos da Entidade. Participantes, Conselheiros, Fornecedores e Patrocinador responderam a uma pesquisa, obedecendo as peculiaridades de suas relações com a Fundação. Foi imprescindível a participação de todos tendo em vista a representatividade da amostra exigida pela Norma. Esta iniciativa atende, também, à recomendação do órgão regulador e fiscalizador PREVIC (Superintendência Nacional de Previdência Complementar), através da Supervisão Baseada em Risco (SRB), e fortalece a gestão da Faelba, beneficiando as rotinas operacionais, a exemplo das concessões de benefícios e de empréstimos ao Participante, entre outras.

Av. Tancredo Neves, 450 - Ed. Suarez Trade, 33º andar, sala 3302 - Caminho das Árvores - Salvador - BA. Cep: 41.820-020

Tel.: (71) 3113-6000 / Fax: (71) 3113-6049