Faelba sai na frente com investimentos no exterior

COMUNICAÇÃO

voltar

27 de junho de 2014

Imagine ser acionista de empresas como Apple, Microsoft, McDonald’s, Coca-Cola e Pfizer. Essas são algumas das empresas com presença global em setores onde a bolsa brasileira não possui ações listadas, ou, quando tem, ainda é em pequena quantidade. Pois, dando continuidade à estratégia de proteger os investimentos, reduzindo os riscos através da diversificação da sua carteira, a Faelba, mais uma vez, atua conforme os grandes Fundos de Pensão. Em maio, a Entidade entrou para o seleto grupo de Fundações que permitem, em sua política de investimentos, a alocação no segmento de investimentos no exterior.

Ainda sob a repercussão das turbulências vividas no cenário econômico do ano passado, 2014 começou com diversos desafios para a Faelba. Os impactos nos investimentos em 2013, porém, fizeram com que o período fosse de grande aprendizado para a Fundação. De frente a essa realidade, a Entidade enxergou algumas oportunidades nos investimentos no exterior, como maior diversificação do risco (redução da exposição ao Brasil), acesso a setores de investimentos diferenciados (tecnologia, mídia, saúde etc.), diversificação de estratégias de investimentos em setores que não existem no Brasil, baixa correlação com a bolsa brasileira e a tendência de desvalorização do real.

O investimento no exterior é algo novo para o segmento de fundos de pensão. Sobretudo quando saímos de um ambiente de bolsa com aproximadamente 400 empresas listadas para um ambiente com milhares de empresas listadas. Inicialmente, a Faelba alocará um valor pequeno neste tipo de investimento. O objetivo é agregar mais conhecimento sobre este ambiente. Esta primeira etapa será um processo educacional.

O pontapé inicial já foi dado: na reunião do Conselho Deliberativo do dia 28/04/14 foi aprovada a alocação em fundos que investem em mercados desenvolvidos (EUA, Europa e Japão) e mercados globais. Os fundos escolhidos possuem um fundo no Brasil que compra cotas no exterior. Assim, a Faelba compra a expertise destes gestores, que já possuem bastante vivência em mercados estrangeiros.

Com este passo, a Faelba sai na frente em busca das melhores oportunidades de investimentos para seus Participantes. O investimento no exterior visa à redução da exposição ao risco “Brasil”, em mais um ano de muita volatilidade em bolsa. Vale ressaltar que, como esta estratégia tem horizonte de longo prazo, uma vez feita a alocação, o seu desempenho deve ser analisado e avaliado em um período mais longo.

Av. Tancredo Neves, 450 - Ed. Suarez Trade, 33º andar, sala 3302 - Caminho das Árvores - Salvador - BA. Cep: 41.820-020

Tel.: (71) 3113-6000 / Fax: (71) 3113-6049