Mercado Financeiro

NOTÍCIAS

voltar

Resumo da semana de 08 a 12/07/2019*

CÂMBIO

O dólar teve o quinto dia seguido de queda e acumulou baixa de 2,09% na semana, a maior desvalorização semanal desde maio. A crescente perspectiva de corte de juros nos Estados Unidos, que enfraqueceu a moeda americana no exterior, e o otimismo com o avanço da reforma da Previdência, mesmo com a demora na votação dos destaques, contribuíram para a queda. Com isso, o real foi a moeda com melhor desempenho esta semana ante o dólar entre uma lista de 35 emergentes. Em julho, a divisa americana recua 2,7% e, no ano, perde 3,3%.

JUROS

O mercado de juros encerrou a sexta-feira, 12/07, sob alguma cautela, com a maior parte das taxas em alta moderada, mas renovando máximas entre o fim da sessão regular e durante a etapa estendida. A piora foi atribuída ao aumento do risco de a votação da reforma da Previdência não ser concluída em seus dois turnos antes do recesso parlamentar, que era quase um compromisso do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

BOLSA

O temor sobre um eventual adiamento para agosto da votação em segundo turno da Reforma da Previdência prevaleceu sobre o humor dos investidores do mercado acionário local e, cerca de uma hora antes do fechamento, acelerou as ordens de venda. Assim, o Ibovespa encerrou o pregão perdendo a marca dos 104 mil pontos e revertendo os ganhos acumulados em uma semana curta marcada por um feriado, mas que levou o índice à vista aos 105,8 mil no fechamento de quarta-feira, 10/07.

*Fonte: Agência Estado