Mercado Financeiro

NOTÍCIAS

voltar

Resumo da semana de 04/01 a 11/01/2019*

CÂMBIO

O dólar teve a quarta semana consecutiva de queda, acumulando baixa de 5,12% nos últimos 30 dias. O Real é a divisa que mais se valorizou ante a moeda americana neste começo de 2019, considerando um ranking de 143 países preparado pela Austin Rating. Na sexta-feira, 11/01, a moeda americana teve um dia de instabilidade, em dia de fraca liquidez, acompanhando o movimento do dólar no exterior, que subiu ante o euro e moedas de alguns emergentes, como o México e a Turquia, em meio a preocupações sobre o fechamento do governo americano, que já dura três semanas, a desaceleração da economia mundial e os rumos das conversas comerciais entre a Casa Branca e Pequim. O dólar à vista fechou a sexta-feira, 11/01, em alta de 0,16%, a R$ 3,71.

JUROS

A sexta-feira, 11/01 foi de oscilações contidas e liquidez reduzida no mercado futuro de juros, que teve como principal evento a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro. A taxa dentro do esperado reforçou a percepção de inflação ancorada e favoreceu leve ajuste para baixo nos vencimentos mais curtos, dada a expectativa de manutenção da taxa Selic por mais tempo. Já os vencimentos intermediários e longos oscilaram entre a estabilidade e leves altas, em dia de dólar levemente pressionado para cima.

BOLSA

Em uma semana na qual renovou sucessivos recordes e se aproximou da nova resistência (94 mil pontos), o Ibovespa sucumbiu às correções e encerrou o último pregão da semana em baixa de 0,16%, aos 93.658,31 pontos. Ainda assim, garantiu uma rentabilidade acumulada semanal de 1,98% e, no mês, de 6,57%. O giro financeiro foi de R$ 14,9 bilhões. O movimento de baixa foi compatível com o de seus pares em Nova York, ainda que um pouco mais ameno.

*Fonte: Agência Estado